Cimento queimado e cimento queimado colorido: saiba como fazer

22/06/2018  

O cimento queimado está cada vez mais em alta, juntando o rústico e o sofisticado na decoração. Outra tendência é o cimento queimado colorido, capaz de deixar o visual da sua casa ainda mais diferenciado.

 

O que é o cimento queimado?

 

Embora receba o nome cimento “queimado”, esse tipo de revestimento não usa nenhuma espécie de fogo no seu preparo. Ao contrário, é feito com uma argamassa de cimento, água e areia, e é produzido diretamente no local, pode também receber outros tipos de aditivos, evitando rachaduras e trincas.

No caso do cimento queimado colorido é adicionado um pigmento próprio para cimento, um produto com um preço bastante acessível que está disponível no mercado em 6 cores: vermelho, amarelo, azul, verde, marrom e preto. É possível combinar essas cores e criar novas tonalidades. Mas, antes de fazer a aplicação, é importante observar se o pigmento a ser utilizado é resistente à ação de raios UVA e UVB para que o piso não sofra descoloramento.

 

Como fazer o piso de cimento queimado?

 

Para aplicar o cimento queimado é preciso tomar todos os cuidados de segurança necessários: fazer uso de luvas, óculos de proteção e calçados específicos. Imagem: Storyblocks.

 

Para fazer o piso cimento queimado colorido é preciso seguir os mesmos passos básicos do cimento queimado tradicional, que são:

  • limpar o contrapiso de possíveis resíduos;
  • fazer o nivelamento do contrapiso;
  • usar uma tela para garantir o reforço estrutural, evitando que o cimento fique solto sobre o contrapiso;
  • molhar o contrapiso para aumentar a capacidade de aderência;
  • aplicar resina sintética de alto desempenho para melhorar a resistência, a aderência, a impermeabilidade e a elasticidade com o contrapiso molhado e usando uma broxa ;
  • distribuir o cimento Portland comum sobre o piso preparado;
  • usar uma vassoura para distribuir e misturar a água, a resina e o cimento;
  • verificar novamente o nível;
  • aplicar a massa com uma pá sobre o contrapiso;
  • espalhar a massa com a colher de pedreiro de forma homogênea;
  • usar a desempenadeira para pressionar a superfície;
  • usar o sarrafo para regularizar a área;
  • usar a desempenadeira de plástico para dar um acabamento inicial à superfície;
  • quando a superfície estiver homogeneizada e seca, aplicar pó de cimento fino e peneirado;
  • deixar a superfície descansar;
  • umedecer a superfície com a brocha;
  • usar a desempenadeira metálica para puxar a superfície (nunca esfregá-la);
  • estourar as bolhas com a desempenadeira;
  • esperar o processo de cura e o endurecimento final.

 

Como aplicar cor ao cimento queimado?

 

O cimento queimado colorido é é uma ótima opção de revestimento, pois deixa o ambiente bonito, por um baixo preço. Imagem: Varal da Malu.

 

O pigmento deverá ser misturado ao pó do cimento antes da sua distribuição na superfície, de acordo com as recomendações do fabricante. Para dar brilho ao cimento queimado colorido é preciso aplicar resina acrílica à base solvente, porém fique atento ao local de aplicação, pois a resina pode deixar o piso escorregadio.

Não se esqueça também de aplicar as juntas de dilatação a cada mais ou menos 1 metro, sendo preferível os modelos de plástico ou de metal.

Outro ponto importante é selar o cimento queimado, já que ele é muito poroso e poderá absorver muita água, gordura e outros itens capazes de infiltrar no piso e soltar do contrapiso.

 

Onde usar o cimento queimado colorido?

 

A limpeza do chão de cimento queimado é prática, a manutenção não é difícil e o tom de modernidade é garantido. Imagem: Histórias de casa.

O cimento queimado colorido pode ser usado em vários ambientes tanto internos como externos. O único cuidado é em relação às áreas úmidas, já que, dependendo do tipo de resina usada, o cimento queimado poderá ficar escorregadio.

Se você deseja dar um ar ainda mais moderno e sofisticado à sua casa, poderá combinar com o cimento queimado colorido, as cerâmicas, pastilhas, ladrilhos hidráulicos ou seixos, além de faixas de madeira. Esse último material ainda é interessante porque impede que o cimento crie fissuras, funcionando como uma junta de dilatação.

Além de moderno, o cimento queimado colorido é fácil de limpar e tem grande durabilidade, assim como o cimento queimado tradicional, podendo ser usado em áreas de tráfego intenso. Nesse caso, aconselha-se aplicar um endurecedor de superfície após a execução do piso.

 

Quais os principais problemas do cimento queimado colorido?

 

O cimento queimado, tanto o normal como o colorido, podem sofrer com algumas pequenas trincas, algo que é natural e até faz parte do seu “charme”, independentemente do quão bem feito ele seja.

Mas é preciso saber diferenciar as trincas das rachaduras, já que essa última pode ser um indicativo de problemas. As trincas comuns do cimento queimado são finas e espalhadas de modo uniforme por todo o piso. Já as rachaduras acontecem quando a cura do concreto é feita de forma muito rápida.

Para evitar que isso aconteça, existem duas saídas: deixar o ar mais úmido dentro da casa no período de cura, fechando as janelas e usando um umidificador de ar, ou aplicar resina com base acrílica por cima da massa ainda úmida, retardando o período de pega do cimento.

Além do cimento queimado cuja mistura é feita na própria obra, outra opção para ter um piso de cimento queimado colorido é investir nos preparados específicos oferecidos por algumas empresas, que já vêm com cores próprias e que também necessitam de mão de obra especializada na hora da aplicação. Nesses casos, são usados cimentos poliméricos nas massas – um aditivo capaz de dar mais elasticidade e aderência ao cimentado. Você ainda pode encontrar opções com fibras sintéticas e pó de Limestone (uma pedra mais fina que o mármore).

E, então, gostou de saber como é feito o cimento queimado colorido e o tradicional? Pensa em colocá-lo na sua casa? Aproveite e compartilhe este conteúdo com os seus amigos nas suas redes sociais!