Tratamento de concreto aparente: 5 formas de realizá-lo

23/11/2018  

O uso e o tratamento de concreto aparente na arquitetura brasileira se tornou popular década de 60, quando os arquitetos modernistas como Oscar Niemeyer, passaram a explorá-lo. De lá para cá, a técnica passou a ser usada em muitos projetos dando um ar diferenciado a prédios, fachadas e várias outras construções.

Mas, para se manter bonito por mais tempo, é indispensável realizar o tratamento de concreto aparente da forma adequada. Quer saber como fazer? Continue a leitura e descubra!

O que é o concreto aparente?

O concreto aparente, como o próprio nome sugere, é o uso desse material de forma a deixá-lo à vista, sem revestimentos e materiais de acabamento.

Como dissemos, essa técnica foi muito usada no Brasil na década de 60 e hoje tem sido retomada, ajudando a deixar os projetos mais modernos e ousados. O concreto aparente pode ser usado em diversos espaços e em projetos de estilos variados, tanto nas áreas internas como externas.

A técnica pode aparecer no ambiente interno, por exemplo, em paredes e forros ajudando a trazer uma sensação maior de amplitude e também de modernidade, combinando muito bem com as decorações industriais.

Já nas áreas externas é onde mais vemos o concreto aparente em fachadas, colunas e até em prédios e obras de portes maiores, por exemplo, viadutos. Porém, é justamente nesses casos em que são necessários cuidados redobrados com a manutenção.

Confira formas de realizar o tratamento do concreto aparente

O concreto aparente deixa o material à mostra em paredes e pisos.

Por que fazer o tratamento de concreto aparente?

O tratamento do concreto aparente é usado para muitas finalidades, sendo a principal delas garantir a integridade do material, de maneira que ele consiga alcançar a vida útil programada no projeto.

Além disso, se o tratamento for feito de maneira adequada, o concreto aparente poderá ter uma duração até maior do que a projetada, prevenindo o surgimento de anomalias ou do agravamento das já existentes.

Um bom tratamento ainda é capaz de garantir uma aparência adequada à estrutura de concreto, eliminando as impurezas e assegurando um visual estético agradável (algo essencial para a técnica, uma vez que não são usados outros tipos de revestimento.

Assim, podemos resumir que o tratamento de concreto aparente tem o objetivo de basicamente proteger o material dos agentes agressivos do meio externo, ampliando a sua vida útil, a sua beleza e também evitando diversos tipos de problemas estruturais.

Como fazer o tratamento de concreto aparente?

Já está convencido da importância do tratamento de concreto aparente? Veja algumas dicas que separamos!

O tratamento de concreto aparente pode ser feito de várias maneiras, basta escolher qual se encaixa melhor no seu projeto.

Já está convencido da importância do tratamento de concreto aparente? Veja algumas dicas que separamos!

1. Preparo das superfícies

Primeiro, é recomendada uma inspeção visual definindo se existe a necessidade de remover superfícies irregulares ou realizar o preenchimento em superfícies profundas.

Na sequência, a superfície precisa ser limpa. Normalmente esse processo é feito usando o hidrojateamento de alta pressão ou então o lixamento grosso usando politrizes elétricas. Após essa etapa, será preciso reexaminar o concreto, porque a limpeza remove todo o tipo de impureza e revela o seu real estado.

2. Reparo das deteriorações

Sem nenhuma impureza, será mais fácil fazer um diagnóstico preciso do concreto, analisando as possíveis deteriorações trazidas pelo tempo. As mais comuns são: brocas, trincas, infiltrações e processos de corrosão das armaduras.

Cada uma dessas situações exige um tratamento específico, de forma a evitar que elas voltem a acontecer e danifiquem a estrutura do concreto. Algumas vezes, esses problemas podem ser resultados de problemas mais sérios e que precisam ser investigados.

Se não houver cuidado com essas questões, o tratamento de concreto aparente poderá sofrer com problemas recorrentes. Por isso, esse é um passo tão importante.

3. Estucamento

O estucamento consiste na aplicação de uma pasta formada por cimento Portland branco e cimento Portland comum. A proporção varia de acordo com a cor do concreto que será tratado. Em alguns casos, pode ser usado um aditivo de resina acrílica.

Esse também é um passo importante, pois com ele é possível eliminar os poros que podem se formar na cura do concreto e que são ampliados devido ao lixamento. Como opção, existem argamassas industriais especialmente produzidas para esta aplicação.

Assim, o principal objetivo do estucamento é preencher esses poros com a mistura de concreto, criando uma superfície lisa. Para um resultado final ainda mais bonito, pode ser usada uma desempenadeira metálica.

4. Polimento

O polimento da superfície de concreto busca retirar o excesso de estuque o que garante uma aderência melhor do material de revestimento, caso ele seja aplicado, ou até da pintura (se for o caso). Normalmente, essa etapa é feita com uma lixadeira manual fina, garantindo uma superfície mais regular e bonita.

5. Pintura

Por último, é realizada a pintura para dar um acabamento mais bonito ao concreto e também protegê-lo melhor da ação do tempo. São muitas as opções de tintas que podem ser usadas, como:

  • verniz acrílico à base de água ou de solvente;
  • verniz antipichação;
  • verniz de poliuretano;
  • verniz de silicone líquido;
  • produtos hidrofugantes.

Além dessas, ainda pode ser aplicada uma proteção extra, como contra raios UV ou contra chuvas, prolongando a vida útil do concreto.

Uma das formas de proteger o concreto aparente da ação do tempo, é usar tintas verniz.

Uma das formas de proteger o concreto aparente da ação do tempo, é usar tintas verniz.

Depois de ler este conteúdo, ficou mais fácil realizar o tratamento de concreto aparente? Se você ficou com alguma dúvida, é só deixar um comentário pra gente!