Estrutura de concreto armado: veja os materiais usados

21/12/2018  

A estrutura de concreto armado é uma das mais usadas nas construções. E isso não é por acaso, já que ela possui vantagens importantes e uma delas é trazer mais segurança às obras.

Para garantir que a distribuição das cargas será feita de maneira efetiva, é essencial definir corretamente os materiais e as quantidades necessárias para a realização do concreto armado. Essa é a sua dúvida? Então continue a leitura!

Estrutura de concreto armado: definição e importância

Quando falamos no termo “estrutura”, estamos nos referindo ao elemento que será responsável por sustentar uma construção, transferindo o peso da obra para as fundações, as quais acabam distribuindo a carga para o solo.

O termo “concreto armado” se refere a uma combinação de concreto com aço, na qual cada peça da estrutura é composta por uma armação feita com barras de aço e coberta com concreto.

A principal vantagem do uso desses dois materiais é a resistência. Isso porque o concreto possui uma alta resistência à compressão, ou seja, aos movimentos verticais, enquanto o aço é mais resistente à tração – movimentos laterais.

Assim, a estrutura de concreto armado é bastante confiável e uma das mais usadas em praticamente todos os tipos de obras. Na construção residencial, a estrutura de concreto armado mais empregada é a do tipo coluna-viga-laje ou pilar-viga-laje. O que significa que o peso da laje, da caixa de água e dos telhados é distribuído de forma uniforme para as vigas que, por sua vez, distribuem o peso para as colunas ou pilares. Isso faz com que as paredes não tenham de lidar com a carga construtiva, que é diretamente repassada às fundações.

Materiais usados na estrutura de concreto armado

Como você viu, a estrutura de concreto armado é uma opção bastante confiável e resistente. Porém, para conseguir esses objetivos é muito importante trabalhar com materiais de qualidade e que sejam adequados ao tipo de obra que está sendo feita. Veja as dicas importantes que separamos.

Concreto

O concreto é obtido a partir da mistura de cimento, brita, areia e água – e é um dos materiais mais comuns em qualquer construção. Porém, assim como a receita de um bolo, a quantidade de cada um desses ingredientes gera um tipo de concreto com características diferentes. Por isso, é importante entender cada um deles e escolher a mistura (traço) mais adequada.

Quanto maior for a quantidade de cimento, mais alta será a resistência (Fck). Se você for fazer uma fundação, por exemplo, o recomendado é um concreto com Fck de 25 MPa. Já para a estrutura propriamente dita, esse valor pode ser acima de 30 MPa.

Pronto ou usinado

Nesse caso, a mistura não é feita na obra, mas sim comprada pronta diretamente de uma empresa. Para isso, será necessário informar o Fck, o tipo de descarga (convencional ou bombeado), o tipo de brita e o volume desejados. Então, no dia combinado, a empresa fará a entrega do concreto que já virá na proporção adequada de areia, cimento, brita e água para as necessidades que você informou.

Lembre-se que esse tipo de material, na maioria das vezes, é aplicado na construção por meio de bombas. Assim, o método só é recomendável caso você vá usar um volume maior que 4 m³. Além disso, fique atento ao prazo de validade, já que o concreto usinado precisa ser usado em, no máximo, 2 horas depois do caminhão ter feito a descarga.

Como utilizar estrutura de concreto armado

O concreto usinado precisa ser usado em, no máximo, 2 horas após sua descarga.

Feito na obra

Outra opção é que o próprio pedreiro faça a mistura. Para isso, ele precisará de uma carta-traço e de uma betoneira (que pode ser facilmente alugada). Para uma mistura adequada, é essencial ficar atento a alguns pontos:

Como produzir estrutura de concreto armado

Para fazer a mistura do concreto na betoneira, é importante ficar atento à dosagem correta do traço.

Traço

Representa a proporção de cada um dos itens necessários para a mistura. Por exemplo, um traço de: 1:2:3, significa que a cada 1 litro de cimento, será preciso misturar 2 litros de areia e 3 litros de brita. Além do litro, é possível usar qualquer medida de volume, como latas, baldes, padiolas etc.

Dosagem

É a quantidade de material necessária. Por exemplo: 1:4:6, ou seja, 1 saco de cimento (50 kg) para 4 latas de areia (18L) e 6 latas de brita (18L). Se formos comparar com a receita de um bolo, essa é a quantidade geral dos ingredientes, enquanto o traço é o “modo de fazer”.

Tenha muito cuidado com a quantidade de água ao fazer a dosagem do concreto, pois o excesso dela reduz a resistência do material. Geralmente, para 1 saco de cimento de 50 kg, adiciona-se de 25 a 30 litros de água dependendo da umidade já contida na areia e da resistência requerida do concreto.

Aço

Quais materiais são usados para fazer estrutura de concreto armado

O aço é um elemento importante na hora de fazer a estrutura de concreto armado, pois ele reforça a estruturação da obra.

Normalmente, o aço empregado nesse tipo de estrutura é dividido em 2 tipos – conforme seu processo de fabricação – os aços de tipo A e os aços de tipo B. Os do tipo A são fabricados pelo processo de laminação à quente, sem posterior deformação à frio, com bitolas (diâmetro) acima de 5 mm, e são denominados de “barras de aço’. Já os de tipo B, são fabricados pelo processo de laminação à quente, com posterior deformação à frio, com bitolas (diâmetro) de 5,0 a 12,5 mm e são denominados de “fios de aço”.

Em geral, na construção civil, as barras mais usadas são aquelas que possuem uma superfície com saliências, chamadas de “mossas”. Essas têm dimensões especificadas por normas e influenciam diretamente na aderência do concreto e do aço.

Os fios e barras de aço utilizados nas estruturas de concreto são classificados em categorias, conforme o valor característico da resistência de escoamento (Fyk). Nessa classificação a unidade de medida está em kgf/mm², sendo os aços divididos em : CA 25; CA 40; CA 50 ou CA 60. O termo “CA” corresponde à concreto armado. No caso do CA 50, por exemplo, sua resistência (Fyk) é equivalente a 500 MPa.

Na hora de comprar o aço, o mais indicado é optar pelas armações, ou seja, barras de aço já cortadas, dobradas e amarradas formando malhas, gaiolas, colunas e outros formatos que podem variar de acordo com o uso e as características da obra.

Você poderá fazer o seu orçamento considerando:

  • a armação pronta: é o modo mais econômico, já que você compra as armações com as medidas padronizadas pelo mercado;
  • de acordo com o seu projeto estrutural: informando apenas o peso do aço para que a loja faça as armações de acordo com as características específicas do seu projeto;
  • para dobrar e cortar na obra: você comprará as barras de aço no tamanho padrão de 12 metros e depois o pedreiro fará o corte e montará a armação na obra.

Como você viu, a estrutura de concreto armado é uma das mais usadas na construção civil, principalmente devido à sua resistência. Mas, para garantir essa característica, é essencial ficar de olho nos materiais, escolhendo aqueles de melhor qualidade e na quantidade certa para o seu projeto.

Gostou deste conteúdo? Aproveite e compartilhe as nossas dicas com os seus amigos nas suas redes sociais!