Saiba quais são os tipos de traço para concreto

7/05/2018  

Saber fazer o traço para concreto certo é o que diferencia um bom profissional no mercado da construção civil. Por isso esse um ponto de extrema importância em qualquer aplicação de concreto: o traço ideal garante a integridade da estrutura e permite a que a construção seja feita com tranquilidade e segurança.

Você sabe qual é o traço para concreto ideal para o que você planeja construir? Quer tirar algumas dúvidas sobre as suas nomenclaturas e as abreviações? Então você está no lugar certo! Continue a leitura para saber mais.

 

O traço para concreto: o que ele é?

 

Como cada tipo de traço para concreto determina a sua resistência e durabilidade da obra é necessário saber exatamente qual usar. Imagem: Construção – WordPress.com

A definição de traço para concreto não tem muitos mistérios. Na verdade, o que a gente entende por esse nome nada mais é do que a mistura ideal entre água, cimento, areia e brita para cada aplicação. Sendo que em algumas situações específicas, são adicionados aditivos químicos ao concreto para melhorar suas características.

Se você está construindo um muro, é claro que o traço para o chapisco vai ser completamente diferente do traço para o reboco. Agora pense na viga que sustenta o prédio: será que o traço do reboco é o mesmo do concreto usado para preencher a armação? Não, ele é bem diferente! O traço para concreto é o que define a durabilidade da estrutura de acordo com a sua carga e um reboco irá sofrer muito menos pressão do que uma viga mestra, pois ela sustenta outras estruturas.

Colocando em poucas palavras, o traço para concreto é o que diferencia o uso do próprio concreto em cada situação. Agora ficou fácil de entender, não é? Mas onde usar o que?

 

Quais são os principais tipos de traço para concreto?

 

É necessário deixar uma coisa bem clara antes de falar dos tipos de traço para concreto: neste tópico você irá encontrar estimativas das medidas mais usadas por pedreiros e mestres de obra, mas isso não quer dizer que os traços para concreto devem seguir exatamente essas receitas.

As estimativas de materiais para fazer o traço de concreto podem variar de acordo com o tipo de construção. Imagem: Lettera43

Existem fatores como a umidade do ar e dos agregados, a mão de cada profissional e tipos de cimento que podem fazer a receita variar. É importante, também, acrescentar que a medida padrão das latas é de 18L. A medida em lata é usada porque muitas vezes é difícil achar uma balança na obra, mas lata é o que não falta! Contudo é necessário tomar cuidados para que a lata não tenha amassados ou ferrugem e, ao enchê-la, é preciso passar uma régua para rasá-la e garantir o volume correto.
Confira abaixo os principais traços para concreto:

 

  • Traço para concreto magro: muito usado como base em fundações. Esse traço usa 1 saco de cimento, 6 latas e meia de areia, 8 latas de pedras e duas latas de água.
  • Traço para concreto de fundação: como o nome já diz, é o concreto usado nas fundações rasas ou profundas. Para fazê-lo, é necessário 1 saco de cimento, 5 latas de areia, 6 latas de pedras e 1 lata e meia de água.
  • Traço para concreto de pisos: é o concreto utilizado não para o assentamento de piso cerâmico, mas como a base que vai por baixo de tudo. É necessário 1 saco de cimento, 4 latas de areia, 5 latas de pedras e 1 lata e meia de água.
  • Traço para concreto armado: usado em vigas, pré moldados, pilares, vergas e usos que precisam de mais resistência. Você irá precisar de 1 saco de cimento, 3 latas de areia, 4 latas de pedras e 1 lata e meia de água.

A nomenclatura dos traços para concreto

 

Na hora de botar a mão na massa, muito raramente você escuta alguém dando instruções para fazer os traços para concreto. Na verdade, na obra, o que os pedreiros e mestres de obras usam é uma forma simplificada de falar dos traços para concreto. Ao invés de dar a quantidade exata de cada material, muitas vezes fala-se em números: “um para dois” ou “um para três para três”, que pode ser escrito como 1:2 ou 1:3:3, respectivamente. E essa forma de falar o traço é, na verdade, um jeito de dizer quantas partes de cada ingrediente devem ser adicionadas em relação à parte do cimento.

Cada profissional opta por um tipo de medida para fazer o traço de concreto. Imagem: THire Tablelands

Está ficando complicado? A gente descomplica! O primeiro número é o cimento, o segundo é a areia e o terceiro é a brita. Então, se você usou 1 saco de 50kg de cimento – que tem 36 litros mais ou menos – então você precisa usar o dobro disso em areia, e o triplo em brita, no caso do traço 1:2:3.

Já em um traço 1:2:3, por exemplo, é o mesmo que dizer 40 litros de cimento, 80 litros de areia e 120 litros de pedra. Para saber quantas latas isso dá, é só dividir por 18.

Uma dica final é sempre utilizar a betoneira para misturar o concreto ou argamassa, pois assim você consegue ter uma mistura mais homogênea e garantir seu desempenho. E se ainda tiver dúvidas, deixe seu comentário abaixo.